Caminhando ao Encontro

Caminhando ao Encontro

domingo, setembro 23, 2007

Preparação do ano de catequese

A ideia da criação de um blog sobre a catequese surgiu após conhecer o blog da Marta, Catequiso, Logo...Existo!. Rico pela vivência, pela partilha de experiências, pela fé transmitida, foi sem dúvida nenhuma, o ânimo que precisei para dar vida a este espaço. Hoje, infelizmente, a Marta já não "posta", pelas razões que a mesma aponta no seu espaço. Tenho pena, mas ao mesmo tempo estou satisfeita por ela ter deixado este espaço activo, o que me permitiu "roubar" algumas ideias para implementar neste ano que está a iniciar.

Como já referi em posts anteriores, uma das principais dificuldades com que a catequese na minha paróquia se depara é o espaço. A sala principal, onde a maior parte dos grupos funciona, não é mais do que o salão paroquial onde funciona o museu, que apenas é aberto ao público por altura das festas cá da terra.

Durante o ano de catequese, as peças expostas encontram-se ocultas, mas mesmo assim, o espaço é reduzido, em especial para a realização dos trabalhos de grupo ou individuais. A solução? Os meninos ajoelham-se e o tampo da cadeira serve de mesa de apoio (ajoelham-se numa alcatifa). Infelizmente é o espaço que temos, enquanto não há dinheiro para fazer o tão desejado centro paroquial.

Mas este ano, seguindo uma sugestão do blog da Marta, resolvi transformar um pouco a sala (dentro daquilo que me é possível), criando 3 espaços distintos:

Cantinho da Oração - uma mesa ocupa um dos cantos da sala, adornada com uma toalha branca, com a bíblia, um círio, uma imagem de Nossa Senhora e uma jarra de flores (tentaremos fazer com que sejam as crianças a trazer as flores para a catequese).

Mural da Liturgia - neste placard será indicado, semanalmente, a cor dos parâmentos do sacerdote e uma frase-chave de uma das leituras do Domingo. Ainda pensei na construção de um calendário litúrgico ou a adaptação de um, em tamanho grande, para que as crianças, aos poucos se apercebam do nosso caminho ao longo do ano, das diferentes partes em que se divide.

Cantinho da Brincadeira - logo na entrada da sala estará uma mesa onde cada criança colocará os casacos, bonés, bolsas e outras coisas que às vezes trazem para os seus encontros e se tornam motivos de distracção.

Estas foram algumas das propostas que apresentei aos catequistas, na reunião de preparação para o início do ano de catequese. Tão importante como a mensagem que se transmite, o espaço onde se transmite também deve ser bem pensado, não com muitas decorações, mas com imagens que os cativem e lhes chamem a atenção e os ajudem a recordar mais tarde. Estas são apenas algumas ideias, mas todos podemos partilhar, por isso aqui fica o convite a quem passa, para que deixe também a sua sugestão.

Ah! A caminhada é retomada no próximo Sábado... Já estou com saudades dos meus pequenitos...

5 comentários:

elsa nyny disse...

Gostei dos cantinhos!!!
Então bom recomeço!!!

beijitos

Maria João disse...

Boa ideia!

Acho que vos vou imitar...


beijos em Cristo

silvino disse...

ainda cheguei a ler alguns posts do "catequiso, logo existo" .. achei q foi uma grande perda, quer no blog, quer na catequese ..

a definição de áreas e símbolos é bastante importante. deviamos saber aproveitar melhor essa "ferramenta pedagógica"!

continua a 'postar' e a apostar no blog, é bom ter alguém em sintonia com a catequese :p

antonio disse...

Estou certo que os pequenitos vão adorar.

Um cantinho da brincadeira inserido num espaço de catequese! Porque ser-se cristão é algo que não conhece intervalos. Gostei.

joaquim disse...

Os espaços são importantes, tão importantes...

Um dia disse a alguém, não interessa quem nem em que lugar, que ali as salas da Catequese pareciam muitas vezes o "repositório" do que já não prestava, ou seja, as imagens com alguma coisa partida, umas flores de plástico já velhas, as cadeiras que disso só tinham o nome, o chão...paro por aqui...
Por isso, parabéns, que os catequizandos merecem o melhor, sobretudo que consigamos incutir-lhes a vivência da Fé, do amor de Jesus por nós e de nós para Ele e para os outros.
Para o ano se a minha vida estiver mais estabilizada vou tentar regressar à Catequese aos adolescentes...

Abraço amigo em Cristo