Caminhando ao Encontro

Caminhando ao Encontro

sábado, janeiro 13, 2007

Catequese 9 - Jesus gosta de seu Pai

O compromisso era simples, e apesar de algumas se terem esquecido, houve um grupo razoável que o cumpriu – visitaram ou telefonaram a uma pessoa que gostaria de saber notícias deles.

Falamos ainda da Festa de Natal da Catequese e foi com pena que alguns disseram que não puderam ir. Ficaram entusiasmados, e isso é o que importa. Na próxima Festa o grupo será na certa maior.


E o nosso encontro lá continuou. Hoje o tema relacionava-se com uma pessoa muito especial a quem Jesus gostava de agradar, que fazia sempre a sua vontade, com quem Jesus gostava de falar, alguém que não se via e no entanto estava muito próximo d'Ele – o seu Pai.
Um Pai que é diferente de todos os pais, Deus.
Um Pai com o qual falamos de maneira diferente, Oração.

Aos poucos as crianças vão entrando em contacto com a mais bela oração de todas, o Pai-Nosso. Hoje foi o início, mas algumas souberam reconhecer as palavras:

Pai seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu.


Como grupo de amigos de Jesus, também Ele ficaria contente se nós amassemos Deus Pai e fizéssemos a sua vontade (embora isso às vezes seja muito difícil, até para nós adultos):

- ser amigo das pessoas;
- falar com Ele todos os dias
- ser como Jesus

Difícil foi também a preparação deste encontro. Falar dos pais não é fácil, pois infelizmente as famílias de algumas crianças deste grupo têm certos problemas, resultando na situação de alguns estarem a viver com os avós.
Para mim também não o é, por me ser impossível apresentar a minha experiência pessoal como o guia de catequese assim o sugeria (e só eu sei a falta que ele me fez ao longo destes anos e ainda continua a fazer).
Penso que, apesar de tudo, consegui transmitir-lhes a ideia de que Jesus é Filho de Deus. Na próxima semana, aprenderão que nós também o somos.

Ah e já agora ficam a saber que hoje acolhemos mais um elemento!

2 comentários:

ver para crer disse...

Isto faz-me lembrar de quando eu dava catequese.
As crianças são admiráveis!!!

peter pan disse...

Refletivo teu blog